Museu Emílio da Silva - Exposição Temporária
No Museu Histórico “Emílio da Silva” (MHES) há um espaço no Módulo II (Sala Amadeu s Mahfud) destinado as exposições temporárias de curta duração sobre diversos temas ligados à cultura e à história de Jaraguá do Sul, Santa Catarina e o Brasil.

O local, no piso superior foi sede da antiga Câmara de Vereadores (1), entre os anos de 1947 a 1997.

Em 19 de novembro de 2001, quando foi instalado a sede desta unidade museológica ficou definido que esse antigo espaço seria reservado as exposições temporárias, através da proposta de salvaguardar e promover a releitura crítica em relação ao patrimônio histórico-cultural do município.

Nesta perspectiva, o Plano Museológico tem a proposta de trazer ao espaço mostras com a finalidade de provocar reflexões sobre os processos de construção da história local pelos diversos segmentos e atores, onde será abordado a memória, a percepção e a produção dos saberes compartilhados social e culturalmente.

Assim, o espaço museológico e expográfico terá mostra de diversas coleções do acervo etnográfico da Reserva Técnica visando fundamentar temas de época relacionados aos hábitos e costumes das etnias que construíram uma arrojada sociedade com valores perenes.

Outra proposta do espaço de memória é trazer elementos da identidade cultural do patrimônio material, intangível e artístico, que são produzidos no meio escolar, por mediação dos professores focados no Currículo Escolar.

Nesse espaço recebe-se também, exposições com temas nacionais, vindos das cidades como Curitiba, Florianópolis, Brasília, entre outras.

Considerações finais:

O MHES tem a missão de revelar os traços da história contemporânea do município, considerando a pluralidade dos atores sociais, que ao longo de mais de um século construíram uma sociedade aberta, democrática e focada em valores tradicionais como a família, as instituições a serviço da coletividade e outras inciativas de fortalecimento do convívio cultural.

Nessa perspectiva o Plano Museológico construído nestes últimos anos pelo grupo de trabalho do museu, foca e ancora suas ações na memória e história dos povos tradicionais (indígenas, afro-brasileiros, pomeranos), bem como nas demais etnias e migrações recentes, como a do povo haitiano.

(1) - Entre os anos de 1941 a 1982, o mesmo espaço serviu de Tribunal de Juri, da Comarca do município. Mas é importante salientar que, a primeira Legislatura da Câmara aconteceu só após a Segunda Guerra Mundial, entre os anos de 1937 a 1945 estava em vigência o Estado Novo, cujo regime era ditatorial.

 
As unidades escolares e as instituições interessadas em organizar exposição temporária, favor ligar para os fones (47) 3371-8346 ou (47) 3372-2770.
 



   
Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000