Museu Emílio da Silva - Marco Zero
DADOS HISTÓRICOS DO MARCO ZERO DE JARAGUÁ DO SUL
 


Em 1937, o primeiro prefeito eleito Leopoldo Augusto Gerent, sancionou a Lei nº 55, de 06-09-37, que estabeleceu o Ponto Central da cidade na primitiva Estação Ferroviária, antiga avenida Independência que, depois de alargadas as ruas, mudou para Getúlio Vargas.

Veio 04 de outubro de 1941, o dia inaugurativo da Prefeitura Municipal e do Fórum, na legislatura do prefeito Leônidas Cabral Herbster, tendo a frente a antiga Praça da Bandeira, que passou a chamar-se ANGELO PIAZERA para homenagear o doador das terras destinadas ao prédio da administração municipal, e nela o novo MARCO ZERO da cidade.

Segundo Amadeus Mahfud, competente serventuário da Justiça, quando se fala em MARCO ZERO lembra-se a confluência das 4 principais ruas da cidade; Mal. Deodoro, Mal. Floriano, Getúlio Vargas e Procópio Gomes de oliveira.

O MARCO ZERO é o ponto de referência do centro do município. É de forma tridimensional, onde se localiza a latitude (que é a distância da linha do Equador até o centro do município), a longitude (que é a distância do meridiano de Greenwich até o centro do Município) e a altitude (que é a elevação vertical acima do nível do mar até o centro do município). Antigamente, o marco zero era o ponto de partida para as medidas de distância entre as localidades do interior e o cento da cidade.

Quem implantou o marco zero de Jaraguá do Sul foi o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 1941, com a lei municipal 552, através do agente de estatística do IBGE, Emilio da Silva.

Constituído de um bloco de concreto de cerca de meio metro de altura, de forma semipiramidal, tendo incrustado, no topo, uma minúscula moeda riscada em cruz (provavelmente os 4 pontos cardeais), ele foi implantado na Praça Angelo Piagera, em frente ao prédio da antiga Prefeitura, hoje Museu Histórico Emilio da Silva. Em 25 de julho de 2003, ele foi revitalizado se destacando com mais 3 símbolos importantes para Jaraguá do Sul: a bandeira, o brasão e o hino integrando a rosa dos ventos, visualizada no chão, onde demarca os pontos cardeais.

A revitalização do marco zero com a criação da rosa dos ventos foi uma sugestão dada pelo escrivão da Justiça Amadeus Mahfud, já a homenagem aos criadores dos símbolos municipais, foi idéia do diretor da Fundação Cultural, Sidnei Marcelo Lopes, na gestão do prefeito Irineu Passold. Sidnei, solicitou a arquiteta Suzana de Souza , a elaboração do projeto, destacando ao marco a colocação de mais 4 arcos de pedra bruta (granito), nos quais foram fixados quatro placas de vidro, com os símbolos do município, sendo os quais: Bandeira, Brasão e Hino de Jaraguá, homenageando os autores dos mesmos, os senhores: Eugênio Victor Schmöckel, Moacyr Silva (Cilo), Rudolfo Francisco Hufenüsler, Alcesti Berri.

Convêm salientar o belo trabalho efetuado pelo artista plástico Paulo David da Silva (Paulico), o pedreiro José Osmar Klein e o Técnico em agrimensura Mosart Freitas da Rosa, na confecção da rosa dos ventos e dos 4 marcos históricos.



 

MARCO ZERO OU PONTO DE REFERÊNCIA

O que é o Marco Zero ou o Ponto de Referência de um Município?
É o ponto tridimencional do centro do município, onde localiza:

  • Latitude (em graus) – É a distância da linha do Equador até o centro do município;
  • Longitude (em graus) – É a distância da linha de Greenwich (Inglaterra) até o centro do município;
  • Altitude (em metros) – É a elevação vertical acima do nível do mar, até o centro do município.

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e o Conselho Nacional de Geografia são que determinam e instalam esta identificação por LEI 552, no piso da Igreja Matriz ou na Prefeitura Municipal.
 

COORDENADAS GEOGRÁFICAS DE JARAGUÁ DO SUL

  • 26º 29’ 10” de latitude Sul e
  • 49º 04’ 00” de longitude Oeste de Greenwich (cidade)
  • 49º 07’ 42” de longitude Oeste de Greenwich


INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Jaraguá do Sul fica situada na zona fisiográfica no litoral, do Nordeste do Estado de Santa Catarina e distante 205 quilômetros da capital do Estado, Jaraguá do Sul, possui as seguintes coordenadas geográficas:


LIMITES

  • Norte: Campo Alegre, São Bento do Sul;
  • Sul: Rio dos Cedros, Pomerode, Blumenau, Massaranduba;
  • Leste: Guaramirim, Schoroeder, Joinville;
  • Oeste: Corupá.



ASPECTOS GEOGRÁFICOS E HIDROGRÁFICOS

  • Área urbana – 121,39 Km2
  • Área rural – 441,20 Km2
  • Área total – 532,59 Km2
  • Temperatura média – 22ºC (mínima de 2ºC e máxima de 40ºC)
  • Clima – Subtropical úmido (com verão quente e inverno úmido)
  • Umidade Relativa do Ar – média de 85%
  • Vegetação – típica da Mata Atlântica
  • Solo – embasamento cristalino
  • Altitude média – 29,97 metros
  • Pressão atmosférica – 758 mmHg
  • A região é cortada, entre outros, por dois rios (Jaraguá e Itapocu)
  • Precipitação Média Anual – 2.200m
Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000