Arquivos


Administração faz balanço de viagem a Brasília

17/03/2017 - Publicado por: Rogério - Categoria: Administração - Tags: administração viagem a brasilia

Em dois dias de permanência em Brasília, o prefeito Antídio Lunelli, percorreu Ministérios, Gabinetes de Deputados Federais e Senadores, e diversos órgãos ligados ao Governo Federal, para verificar o andamento de projetos encaminhados pelo Município de Jaraguá do Sul em busca de recursos, além de apresentar novas solicitações.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, o vice-prefeito Udo Wagner, e os deputados Mauro Mariani e Esperidião Amin, os senadores Paulo Bauer, Dalírio Beber e Dário Berger, acompanharam Lunelli nas audiências e visitas. “Fomos muito bem recebidos em Brasília, mas vimos que o País está quebrado, igual o Estado e os Municípios”, resumiu o prefeito, acrescentando ter ficado impressionado com a força política que têm os parlamentares de Santa Catarina na capital federal.

O vice-prefeito, Udo Wagner, entende que é preciso Jaraguá do Sul ser mais agressiva na captação de recursos federais e vai acompanhar de perto o andamento das solicitações, indo a Brasília a cada 60 dias, no mínimo.

Os principais compromissos foram:

- Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Foi apresentado ao ministro Blairo Maggi, pedido de recursos na ordem de R$ 1,5 milhão para a compra de máquinas e equipamentos agrícolas.

- Ministério da Saúde – Junto ao ministro Ricardo Barros, foram solicitados recursos para custeio da saúde no município.

- Ministério das Cidades – com o ministro Bruno Araújo, o prefeito Antídio Lunelli solicitou uma linha de financiamento para revitalização do Centro, o Distrito de Inovação localizado no Rau, ampliação da Ciclovia do Trabalhador e outros de infraestrutura, na ordem de R$ 60 milhões. Lunelli considera mais difícil conseguir recursos num montante elevado. No mesmo Ministério, foi feito pedido para liberação de cerca de R$ 3 milhões para a continuidade da pavimentação da Via Verde, no bairro Ilha da Figueira, cuja primeira parte do asfaltamento está sendo concluída.

- Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) - O diretor de Regulação da ANTT, Paulo Eduardo Improta Saraiva, recebeu a comitiva jaraguaense, que foi saber como está o processo de liberação da passagem de nível na Rua Benildo Zamin, no viaduto do bairro Centenário. Tomando conhecimento da questão burocrática que impede a liberação, o vice-prefeito Udo Wagner vai a Curitiba, na próxima quarta-feira (22), para uma audiência na empresa de logística Rumo/ALL – detentora da concessão do transporte ferroviário. “Esperamos que esta pendência seja resolvida agora, para a liberação da passagem, que deve melhorar o trânsito naquela região”, disse o prefeito Antídio Lunelli. Junto à ANTT, o prefeito recebeu a informação sobre o desvio da linha férrea. O projeto que prevê a retirada da ferrovia da área central de Jaraguá do Sul pode ser viabilizado com a antecipação da renovação do contrato entre o Governo Federal e a empresa concessionária Rumo/ALL. “O contrato de concessão ainda não venceu, mas o Governo vai antecipar o vencimento e, ao fazer a renovação, exigir que a empresa execute o projeto de desvio da ferrovia”, comentou.

- Ministério da Integração Nacional – com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, o catarinense coronel Newton Ramlow, foi tratado sobre desassoreamento de rios e ribeirões, construções de pontes, galerias e enrocamentos. “Projetos serão encaminhados na próxima semana e com grande possibilidade de serem atendidos, principalmente, os que têm uma demanda emergencial”, reforçou o prefeito.

- Ministério do Turismo – junto ao ministro Max Beltrão, foi protocolado pedido de recursos destinados à pavimentação da terceira e última etapa do acesso à Chiesetta Alpina e Morro das Antenas, revitalização da sinalização turística, revitalização dos portais de acesso ao município, pavimentação de 4,3 quilômetros do trecho entre o Ribeirão Grande do Norte (Rota dos Hotéis) até o bairro Santa Luzia, e pavimentação de oito quilômetros de Garibaldi ao limite com o município de Rio dos Cedros (Alto Palmeiras). Este último, avaliado em R$ 8,4 milhões.

A comitiva também teve audiências com representantes de instituições financeiras como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) e o Banco de Financiamento Andino, onde foi verificar a possibilidade de obtenção de financiamentos a longo prazo e com juros mais baixos. De acordo com o prefeito, a melhor resposta veio do Banco Andino, onde os juros praticados são internacionais, ou seja, mais baixos que as instituições internas, além do que, o BNDES está praticamente sem recursos. “Precisamos de um montante grande de recursos para conseguir fazer obras de grande impacto no município, uma vez que a capacidade de investimento da Prefeitura é mínima e, com a queda na arrecadação, a situação fica cada vez mais complicada”, disse.


 






Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000