Arquivos


Estação Prevenção é aberta à imprensa e autoridades

08/11/2017 - Publicado por: Rogério Tallini - Categoria: Saúde - Tags: saude estacao prevencao estudantes doencas sexualmente transmissiveis

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli, acompanhado do secretário de Saúde, Jonas Germano Schmidt, outros servidores da Saúde e profissionais da imprensa, visitaram o projeto Estação Prevenção, na manhã desta quarta-feira (8), na Praça Ângelo Piazera. Depois de conhecer a exposição, Lunelli elogiou a iniciativa da Secretaria de Saúde e a forma com que o assunto doenças sexualmente transmissíveis está sendo tratado. “É importante que os nossos adolescentes estejam bem informados, de uma maneira que eles consigam entender o assunto e estarem mais conscientizados sobre a importância da prevenção”, destacou, reforçando a preocupação do Município em chegar cada vez mais perto deste público e frear os índices de doenças como a AIDS, a sífilis e outras transmitidas através de relações sexuais. 

A epidemia de AIDS entre jovens e adolescentes se constitui como um dos principais desafios para o controle da doença no País. O número de novos casos em pessoas de 15 a 19 anos cresceu mais de 80% entre os anos de 2006 e 2015. De acordo com a justificativa do projeto, há neste grupo, uma sensação equivocada de que a AIDS é uma doença controlada e de que não há risco de contrair o vírus. Neste sentido, é fundamental encontrar outras formas de conversar com adolescentes, para que eles possam ter a percepção do quanto estão vulneráveis a esta epidemia e passem a ser protagonistas da sua prevenção. “É preciso ir além do discurso massivo do uso do preservativo e considerar que cada grupo possui características socioculturais diferente e isto deve ser levado em conta no processo de abordagem”, diz a gerente de Vigilância Epidemiológica, Fabiane da Silva Ananias.

O projeto Estação Prevenção é um esforço das Secretarias Municipais de Saúde e Educação de Jaraguá do Sul em abordar, de forma lúdica e didática, as temáticas de prevenção de HIV, estigma, preconceito e gerenciamento de risco para que os estudantes estejam mais seguros e conscientes ao iniciarem a vida sexual. “É importante apontar também que o Brasil vive, atualmente, uma epidemia de sífilis, como nunca antes vista, com aumento de casos em 5.000% nos últimos cinco anos. Tal temática também será abordada junto aos estudantes”, reforça a coordenadora do Estação Prevenção, Jaqueline Machado.

O público-alvo são estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio da Rede Pública de Ensino do Município de Jaraguá do Sul. No próximo sábado (11), a Estação Prevenção ficará aberta à visitação da comunidade, especialmente, aos pais interessados em conhecer mais sobre a ação. O projeto ficará no município até o dia 23 deste mês.
Um conjunto de contêineres foi instalado na Praça Ângelo Piazera e ações da Estação Prevenção constituem numa visita guiada a uma exposição interativa com cinco ambientes e trajeto com duração de 40 minutos.





ESTAÇÃO 1:
Laboratório da Informação – Trata-se da ambientação de um laboratório de ciências, com diversos tubos de ensaio, monitores touch-screen, águas com corantes e gelo seco, onde um cientista lança ao público um breve histórico da epidemia, formas de transmissão, prevenção e tratamento para o HIV.









ESTAÇÃO 2:
Camisinha – Não tem desculpa para não usar – Nesta estação, são instalados nichos, onde os visitantes com um preservativo masculino colocado na mão, como se fossem luvas, podem sentir diferentes texturas, temperatura ao colocar a mão nos recipientes. Ademais, uma bancada contendo próteses penianas e vaginas, é instalada para que os participantes possam ter a experiência correta de colocação do preservativo.








ESTAÇÃO 3:
Vivendo com HIV – Nesta estação, os visitantes assistem, em cabines individuais, vídeos com depoimentos de jovens vivendo com HIV. Ao final do vídeo, os participantes, de frente para um espelho, serão estimulados por meio de áudios nos fones de ouvido, a refletirem sobre preconceito e prevenção.









ESTAÇÃO 4:
O Cupido me flechou e informou – Nesta estado, com cenografia de balada, um ator/atriz com roupa de cupido, faz uma dinâmica com os participantes para que eles possam refletir sobre vulnerabilidades e gerenciamento de risco.









ESTAÇÃO 5:
Uma picadinha não dói – Enfermeiros da Secretaria de Saúde ilustram como é feito o teste rápido para HIC, focando na importância de cada visitante saber da sua sorologia. O objetivo desta estação é desmistificar o teste de HIV e também informar sobre PEP.





 




Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000