Arquivos


Jaraguá reforça Campanha de Combate à Dengue

17/11/2017 - Publicado por: Jorge Pedroso - Categoria: Saúde - Tags: jaragua campanha combate dengue reforca

A partir deste sábado (18) – Dia Nacional de Combate à Dengue –, a Secretaria Municipal de Saúde também adere à campanha nacional reforçando ações no município. O diretor de Vigilância em Saúde, Dalton Fernando Fischer, diz que a situação no Brasil é considerada preocupante e a realidade não está diferente em Jaraguá do Sul. De acordo com ele, este ano, embora ainda não haja registro da doença, já foram encontrados 36 focos do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue. “E a melhor forma de vencermos a doença é preveni-la, o que, neste caso, significa eliminarmos o inseto transmissor”, enfatiza Fischer.

Com esse objetivo, o diretor de Vigilância em Saúde informa que o Município desenvolve uma ampla campanha para esclarecer e orientar a população, “pois é preciso que cada munícipe faça a sua parte”. A inciativa envolve diversas ações: distribuição de 20 mil fôlderes, iniciando pelas unidades de saúde; fixação de cartazes de orientação nas unidades de saúde e outros locais da cidade; veiculação de anúncios de orientação/prevenção da dengue nas emissoras de rádio; publicação de matérias em jornais; divulgação de posts nas mídias sociais.

O secretário de Saúde, Jonas Germano Schmidt, destaca que essas ações são um reforço do trabalho em desenvolvimento no decorrer deste ano, quando já houve a distribuição de outros 18 mil fôlderes em unidades de saúde e locais como empresas e escolas, onde também foram realizadas diversas palestras. “A prevenção ainda é a melhor maneira de evitar a dengue”, reitera o secretário, lembrando: “Se o mosquito não tiver como se reproduzir, conseguiremos manter a dengue longe de nossa cidade.”

Vigilância constante
Paralelamente à campanha, os agentes de endemia do setor de Vigilância em Saúde trabalham constantemente no monitoramento de possíveis focos do Aedes aegypti, por meio de mais de 629 armadilhas (pneu cortado ao meio com água) instaladas em 144 pontos estratégicos: empresas, transportadoras, floriculturas, cemitérios, ferros-velhos e materiais de construção. A supervisora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Michelli Grasilela Pinheiro acrescenta que essas armadilhas são verificadas uma vez por semana e quando há presença de larvas o material é recolhido para análise. Ela salienta que o trabalho desses profissionais é fundamental para proteger a saúde da população, mas também é necessário que o munícipe faça a sua parte. “Receba bem o agente de endemias, que sempre estará identificado com colete verde e crachá”, recomenda a supervisora. “O trabalho destes servidores também é orientar a população sobre a melhor maneira de combater a dengue”, complementa.

Saiba mais sobre a dengue

O que é?
É uma doença febril aguda, e pode ser transmitida pela picada da fêmea infectada do mosquito Aedes aegypti.

Os principais sintomas
- Febre alta (entre 39° e 40°)
- Dor de cabeça
- Dores nas articulações
- Falta de apetite
- Fraqueza
- Vômitos
- Manchas na pele (podendo haver coceira)
- Náusea e diarreia.

O que fazer se tiver sintomas
Ao surgirem os primeiros sintomas deve-se procurar uma Unidade de Saúde para uma avaliação médica, pois as manifestações iniciais podem ser confundidas com outras doenças, como febre amarela, malária ou leptospirose. Deve-se ingerir muito líquido como: água, sucos, chás, soros caseiros, etc. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetil salicílico e anti-inflamatórios, como aspirina e AAS, pois podem aumentar o risco de hemorragias.

Como prevenir
A melhor forma de evitar a dengue é eliminando os focos de acúmulo de água, para que o mosquito não possa se reproduzir. Para isso, é importante tampar reservatórios de água, como caixas d´agua, cisternas, tanques e fossas; e não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, tambores, latões, sacos plásticos, lixeiras, calhas, entre outros.


 




Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000