Categorias



Projeto busca ampliação de atendimento

12/12/2017 - Publicado por: Pedro Bortoloti Jr - Categoria: Esportes - Tags: academia ginástica para todos saúde

Terminaram na semana passada as atividades orientadas do projeto Academia de Saúde – Ginástica para Todos. A previsão é de volta da proposta em 2 de fevereiro de 2018, com orientação de profissional de educação física na academia próxima da Câmara de Vereadores às segundas, quartas e sextas-feiras e no Parque Municipal de Eventos às terças e quintas-feiras, sempre das 7h30 às 8h30.

O projeto, citado em revista especializada do Conselho Federal de Educação Física (Confef), do Rio de Janeiro, em setembro de 2014, que serve de exemplo para outras cidades, atende hoje, segundo o coordenador Caius Ananda Xavier dos Santos, 31 pessoas nas duas academias e, dada a sua importância, merece passar por uma revitalização no tocante ao seu potencial. O auge da proposta ocorreu de 2014 a 2016, quando, com o auxílio de acadêmicos de educação física, coordenados por profissionais formados, havia o atendimento de mais 60 pessoas em seis academias, nos períodos matutino e vespertino.

“Trata-se de uma proposta que tem como meta minimizar a perda da capacidade funcional imposta com o passar dos anos, diminuir a procura no atendimento básico primário nos Postos de Saúde, proporcionar aos praticantes o resgate do convívio em grupo, socialização, autoestima, coibir significativamente o vandalismo e, em determinados lugares, o consumo de drogas, além de contribuir na formação acadêmica. Acadêmicos da faculdade de Educação Física auxiliam nas atividades propostas nas academias”, acredita.

O ideal, segundo ele, é o envolvimento da área da saúde, como ocorreu em 2016, em parceria com a Secretaria de Saúde, quando o Posto de Saúde Tifa Schubert, localizado no Bairro Amizade, serviu de porta de entrada do projeto. “Como a comunidade local procura atendimento nos postos, a ficha de anamnese, bem como a solicitação de vários tipos de exames eram realizados pela equipe de trabalho do posto que, ao final do processo, para aqueles que não tinham nenhuma restrição, eram orientados para a prática de exercícios físicos regulares nas academias públicas. “Fechava-se, assim, o ciclo de atendimento entre saúde, exercícios físicos orientados e qualidade de vida”, analisa. Ainda de acordo com Santos, o investimento no combate à prevenção de doenças e na manutenção de um bom estado físico e mental é vantajoso e tem custos menores do que o tratamento.

Galeria de fotos




 







 




Município de Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000